Morre Umberto Eco.


“Temei os profetas e aqueles que estão dispostos a morrer pela verdade, pois, em geral, farão morrer muitos outros juntamente com eles, frequentemente antes deles, por vezes no lugar deles.”
(Umberto Eco, escritor italiano)

wp-1455967746497.jpgSem dúvida alguma Umberto Eco foi um dos grandes escritores do Sec. XX. Particularmente, entre os meus livros preferidos estão duas obras consagradas dele : o nome da Rosa e o Pêndulo de Foulcault. Seus livros sempre continham debates filosóficos e reconstituições históricas primorosas que me abriram inúmeras áreas de interesse. Acredito que ele foi o primeiro “autor sério” que eu li, em algum momento da adolescência, e quando terminei O Nome da Rosa uma lista imensa de leituras se descortinou na minha frente. Um grande autor e professor tem esse efeito: ele publica um livro e você fica o resto da vida correndo atrás das referências.

 

 

Frases de O nome da Rosa:

Para comandar a natureza é preciso aprender a obedece-lá!”

“Os humildes sempre pagam por todos!”

“O riso mata o temor e sem o temor não pode haver fé!”

“Você acha que esse lugar foi abandonado por deus? por acaso já encontrou algum lugar que ele se sentiria em casa?”

image“Até os monges tem passado…”

“O passo entre visão elevada e o frenesi pecaminoso é bem curto!”

“Um burro ensinando a escritura dos bispos, o papa como raposa e o abade como macaco, ele tinha talento para imagens cômicas!”

“Um monge não deve rir só tolos riem à toa!”

– O riso é um evento demoníaco que deformam as linha do rosto e fazem os homens parecerem macacos!
– Mas os macacos não riem, o riso é próprio do homem!

“Mais amargo que a morte é a mulher!”

“Deus teria criado um ser tão nocivo sem lhe conceder virtudes?”

“A vida seria tranquila sem o amor, segura, sossegada e monótona!”

“A unica prova que vejo do demônio é o desejo de todos de vê-lo atuar!”

“Os ratos amam os pergaminhos mais que os sábios!”

“A dúvida é inimiga da fé!”

“Então use a cabeça em vez do coração e talvez teremos algum progresso!”

“Quem era aquela mulher, quem era aquela criatura que raiava como aurora, fascinante como a lua, radiante como o sol terrível como um exercito pronto para lutar?”

 

Anúncios

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s