A escola de pensamento cínico 


O cinismo foi uma corrente filosófica fundada por Antistenes, pupilo de Sócrates, mas cujo maior expoente foi Diogenes.

O termo cínico foi usado inicialmente como forma pejorativa para referir-se à escola de pensamento que a rigor pregava a virtude e a auto-suficiência como formas de alcançar a felicidade. 

Desconfiavam dos prazeres mundanos e do senso comum, afastando-se de convenções sociais e apresentando também uma cautela e dúvida  constantes em relação à integridade e motivos expostos por terceiros. Evitavam o dinheiro e as posses, sendo por isso comparados a cães, origem do termo cinico  (genitivo Kynos, kynikos, semelhantes a cães).

Os cínicos acabaram por ter influência na gênese do pensamento estóico com o qual possuem vários pontos de tangencia.

Anúncios

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s