Rubens: A Queda de Faetonte 


Peter Paul Rubens, “A Queda de Faetonte”, 1604

A imagem conta a história de Faetonte, o filho do deus Hélio e da ninfa Climene. Faetonte  implorou a seu pai para lhe permitir conduzir a carruagem do sol no céu. Nas mãos do jovem, que não tinha nem a força nem a experiência para controlar o carro, os cavalos se descontrolaram. Tudo em seu caminho foi queimada com o calor do sol. Seria uma crítica à inexperiência da juventude e do poder destrutivo que podemos ter quando utilizamos ou fazemos coisas para as quais não estamos preparados.

As figuras femininas, personificando as estações do ano e horas, reagem com terror e a terra abaixo explode em chamas. Para salvar o universo da destruição, Zeus, rei dos deuses, lança um raio, destruindo a carruagem e levando Faetonte a mergulhar para a morte.

O artista trabalhou neste pintura ao longo de vários anos.O  estudo de obras de Leonardo da Vinci, Rafael e Michelangelo  influenciou seu uso de poses complexas e uma poderosa sensação de movimento.

Além de ser um quadro belíssimo eu sempre fico pensando que Rubens quis fazer uma graça. Ele  pintou um imenso traseiro de cavalo bem no meio do quadro!

Anúncios

Autor: Manuel Sanchez

Leitor compulsivo, amante das viagens e da boa mesa. Sou um sujeito que acredita no charme da simplicidade, que riqueza é ter tempo e que se esforça para passar longe da vulgaridade.

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s