Resenha: O último livro de Freud 


Terminei a leitura do Compêndio da Psicanálise. Livro derradeiro e inacabado de Freud, que morreu  durante sua elaboração   (1939). Baratinho e encontrado em banca de jornal.

O livro tem como intenção ser um resumo da teoria psicanalítica de acordo com o entendimento final de Freud  (que mudou de idéia sobre alguns conceitos ao longo de sua extensa obra).

Escrito de forma simples e bem conciso, temos explicações sobre o inconsciente, o pré-consciente, as instâncias do id e do ego, o caráter repressor moral do superego, a análise dos sonhos, recalques e neuroses, o ideal de prazer e as pulsões de eros e de morte. Tudo mantido.  

Por outro lado, o capítulo da formação da sexualidade feminina e da inveja do pênis na formação da inferioridade psíquica  feminina mostra os limites do pensamento freudiano que seriam superados posteriormente e hoje são vistos só como nota de rodapé na história da psicanálise.

Anúncios

Autor: Manuel Sanchez

Leitor compulsivo, amante das viagens e da boa mesa. Sou um sujeito que acredita no charme da simplicidade, que riqueza é ter tempo e que se esforça para passar longe da vulgaridade.

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s