Google e o Cérebro do Mundo


O escritor e visionário H.G Wells é mais conhecido do grande público por livros clássicos da ficção científica como “A Máquina do Tempo” , “O Homem Invisível” e “Guerra dos Mundos”. Incríveis! Leitura obrigatória da adolescência. 

imagesUma faceta menos conhecida é que o autor era um elitista totalitário e defendia abertamente um governo do mundo praticado por uma elite acima das fronteiras nacionais, unida apenas pelo interesse econômico de controle. Ela seria responsável pelo abastecimento e manutenção de uma máquina que ele chamava de “cérebro do mundo”, uma rede que congregasse todo o conhecimento humano – acessível sem censura para alguns e devidamente filtrado para o restante da população. Acreditava que tal máquina seria possível ainda durante o século XX. 

Alguns livros de Wells como “A Nova Ordem Mundial” (New World Order – sim ele inventou o termo) e “Conspiração Aberta” (The Open Conspiracy) defendem abertamente sua visão de mundo, um roteiro claro para ser seguido pela elite econômica transnacional. Não achei no Brasil, mas são vendidos sem maiores dificuldades na Amazon.

2untitled           untitled

Olhando o mundo ao nosso redor, com a subjugação dos poderes políticos nacionais para o direcionamento claro dos blocos econômicos que determinam o poder financeiro digitalizado dos tempos atuais…parece claro que a visão de mundo de Wells venceu.

Faltava apenas o cérebro do mundo.

Não falta mais. De acordo com esse incrível documentário vencedor do Festival Sundance de 2013 – Google and the World Machine (facilmente encontrado na internet via torrente) – toda a linha de montagem do gigante da informática é justamente isso.

Explicando a origem do projeto Google Books para digitalização de TODOS os livros e manuscritos do mundo e toda a politica envolvida para acesso às principais bibliotecas, mosteiros e acervos particulares do mundo, o documentário demonstra como a empresa está se assenhorando do conhecimento e os planos futuros para controle ao seu acesso.  

Como dizia H. G. Wells, a maior conspiração do mundo não é aquela que é feita em segredo, mas sim aquela  que a população do mundo recebe de braços abertos.

Anúncios

Autor: Manuel Sanchez

Leitor compulsivo, amante das viagens e da boa mesa. Sou um sujeito que acredita no charme da simplicidade, que riqueza é ter tempo e que se esforça para passar longe da vulgaridade.

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s