Explicando os conceitos: Descartes e o “penso, logo existo”.


Descartes e o Big Bang do pensamento moderno.

Cogito ergo sum. Duvido, logo sou; provavelmente seria a melhor tradução. Mas a história do pensamento registrou-o como penso, logo existo.

Em seu exercício mental, Descartes formulou a possibilidade de um demônio estar nos enganando com as sensações, lembranças, corpos, cálculos e percepções. Tudo pode ser irreal ao nosso redor. Nada é certo. O estado de dúvida nos acompanha. Irreais  ou enganadoras , as bases nas quais pisamos podem ser apenas frutos de um delírio. Até onde sabemos, podemos estar no interior da Matrix.

A única certeza é a de que consigo ter esses pensamentos. Mesmo que falsos, tê-los traz a segurança de que existo. Essa é a única certeza válida. Sobre as outras percepções, tudo pode ser colocado em dúvida.  A única certeza é a subjetividade. Para Descartes até a existência do Outro é passível de insegurança. O Outro pode ser meramente um boneco de mola falando em minha frente, fingindo uma subjetividade que – sendo alheia – jamais poderei confirmar. A realidade do outro não me afeta. São  Replicantes de Blade Runner simulando humanidade.

O mundo e suas interpretações só existem a partir do Eu e naquilo que pode ser cogniscivel pela razão do próprio sujeito. A certeza não está mais em Deus, não tem base no seu lugar na sociedade. A verdade não pode ser revelada por nenhuma instituição. A única certeza é a de que eu penso e tudo mais  pode ser colocado em dúvida. Certo mesmo só a existência do pensamento – da razão. 

Descartes  fundava com seu Discurso a filosofia moderna e inaugurava o campo de pesquisa da subjetividade. A reboque, o cogito cartesiano estabeleceu o fetichismo moderno da racionalidade estrita e embasou o novo discurso racionalista, em sua luta desde Platão contra a influência das paixões.

Todas essas idéias seriam colocadas em xeque séculos depois com Spinoza, Nietzsche, Freud, Durkheim e Sartre.

Mas aí já estamos entrando em outros conceitos….

(Manuel Sanchez) 

Anúncios

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s