O sentido da vida (em diferentes filósofos)


Hiper simplificado? Sim.  Mas no mínimo é divertido! Essas seriam as respostas de diferentes escolas para a pergunta: qual o sentido da vida?

Platonismo: estude mais ( para sair da sua caverna de ignorancia)

Aristotelismo: seja bom (correção, seja virtuoso, inserido naquilo que você tem aptidões naturais)

Cinismo: seja auto-suficiente (mais do que isso. Não se filie a correntes e mantenha sempre a dúvida sadia)

Hedonismo: busque o prazer agora (prazer em excesso não faz mal)

Epicurismo: evite a dor (e o sofrimento desnecessário. O prazer em excesso pode te levar a uma dor mais a frente )

Estoicismo: seja lógico  (e racional) 

Liberalismo clássico: defenda a liberdade individual 

Kantismo: aja de acordo com o dever (mesmo que isso cause dor e sofrimento)

Niilismo: faça qualquer coisa, a vida não tem sentido  (obs: em Nietzsche é o contrário mas ele não te conta)

Pragmatismo: faça o bem para o maior número de pessoas ( correção, o quadro está errado. Essa definição é do utilitarismo. O pragmatismo diria “faça aquilo que trouxer a melhor consequência para você”. Pragmatismo e utilitarismo são doutrinas consequencialistas mas bem distintas em suas aplicações).

Teísmo: faça a vontade de Deus (nada contra. O banho de sangue começa quando um grupo quer impor a vontade dele ao outro. Particularmente eu não colocaria o Teísmo em um quadro de filosofia)

Existencialismo: tome decisões  e seja positivo  (correção: não sei de onde tiraram a consequência de manter pensamento positivo. Quem fez esse quadro errou feio. Eu diria: viva com a carga das suas decisões, sejam elas ativas ou pela omissão)

Absurdismo : não tente achar sentido nas coisas. Só viva. (Mesma coisa que o niilismo mas com novas palavras)

Humanismo: aja de maneira desinteressada pelo bem comum. (Correção: eu não concordo. Eu diria, respeite a dignidade de todo e qualquer ser humano e aja de acordo com esse dever – e você chegou no Kantismo novamente)

Positvismo lógico: a vida não tem nenhum sentido até você criar um. ( e adivinhe, eles repetiram o que está na base do existencialismo)

Panteísmo natural : cuide da natureza ( acrescento: as respostas estão nela e quando nos afastamos do natural nos corrompemos.)




Anúncios

2 comentários em “O sentido da vida (em diferentes filósofos)

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s