Thomas Mann: sobre ciência e fé 


Sobre ciência e fé 

❝- Meu amigo, não existe conhecimento puro. É indiscutível a legitimidade da concepção eclesiástica da ciência, que se pode resumir nas palavras de Santo Agostinho: “Creio para que possa conhecer”. A fé é o órgão do conhecimento, e o intelecto é secundário. A sua ciência incondicional não passa de um mito. Há sempre uma fé, um conceito do mundo, uma idéia, numa palavra: uma vontade, e cabe à razão explicá-la e comprová-la.”

— Thomas Mann, no livro “A montanha mágica”.

Abaixo: Thomas Mann e Albert Einstein

Anúncios

Um comentário em “Thomas Mann: sobre ciência e fé 

  1. Só sei que tudo isto que aí está ainda é um grande mistério. Porém, acho que a religião vem perdendo cada vez mais o seu monopólio de dominação para a ciência, pois esta independe da fé para explicar as coisas com clareza e baseadas em fatos reais e comprovados. As religiões se baseiam simplesmente em conjecturas onde uma discorda da outra.

    Curtir

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s