Arte do dia: Sansão e Dalila, de Rubens 


Rubens – “Sansão e Dalila ” , 1610

Das inúmeras mitologias bíblicas essa é das mais interessantes. Sem dúvida é o meu quadro favorito de Rubens. 

O homem exausto descansando no colo da amada, a traição iminente, a escravidão, a cegueira e a destruição do templo. Tudo fica no ar quando se olha a pintura. Sansão se deixa levar pelo amor a uma mulher. Seria traição ou ela agiu por amar outros valores? Já estaria ele cego antes mesmo de ser capturado?

Anúncios

Gostou? Tem uma opinião diferente? Fale conosco e deixe seu feedback

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s