William Blake e o caminho do exagero 

Aqueles que reprimem o desejo assim o fazem porque o seu desejo é fraco o suficiente para ser reprimido.

Nunca saberás o que é suficiente enquanto não souberes o que é mais que suficiente.

O caminho do excesso conduz ao palácio da sabedoria.

Exuberância é beleza.

– William Blake, o último dos magos.

 

Para saber mais sobre a vida e a obra de Blake, acesse nosso post aqui.

Para Blake e sua influência no terror scifi, acesse aqui.

Para as ilustrações de Blake para a Divina Comédia, este é o caminho.

Notas sobre a revolta 

Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez. – Pablo Picasso 

Sou uma céptica que crê em tudo, uma desiludida cheia de ilusões, uma revoltada que aceita, sorridente, todo o mal da vida, uma indiferente a transbordar de ternura. – Florbela Espanca 

Revolto-me, logo existo. – Albert Camus 

Tudo o que é desordem, revolta e caos me interessa; e particularmente as atividades que parecem não ter nenhum sentido. Talvez sejam o caminho para a liberdade. A rebelião externa é o único modo de realizar a libertação interior. – Jim Morrison 

Todo homem que teve amores verdadeiros, revoltas verdadeiras, desejos verdadeiros, e vontades verdadeiras, sabe muito bem que não tem necessidade de nenhuma garantia extrema para ter certeza dos seus objetivos; a certeza provém das próprias forças propulsoras. – Simone de Beauvoir 

O verdadeiro espírito de revolta consiste justamente em exigir a felicidade aqui na vida. – Henrik Ibsen 

Kafka: livros que mordem

(…) Em última análise, parece-me que deviamos ler apenas livros que nos mordam e firam. Se o livro que estamos a ler não nos desperta violentamente como uma pancada na cabeça para que nós havemos de nos dar o trabalho de o ler? Um livro tem que ser como a picareta para o mar gelado dentro de nós. É isto que penso.

– Kafka, in “Carta a Pollak”