Guia Rápido do Blog: Explicando os Conceitos

Para facilitar a vida dos leitores, criei a série “Guia Rápido do Blog” para acessar os links relativos a determinado assunto que escrevi no Blog. 

Neste, temos uma lista da série “Explicando os Conceitos“, onde tento destrinchar conceitos chave no entendimento da obra de alguns autores. 

Espero que ajude,

Manuel Sanchez

  1. Amor Fati em Nietzsche
  2. Ética da Virtude v. Ética do Dever (Aristóteles v. Kant)
  3. Hobbes: O Homem é Lobo do próprio Homem
  4. Nietzsche e a Religião v. Super-Homem
  5.  O Eterno Retorno em Nietzsche
  6. Sartre: A Existência Precede a Essência
  7. Kant e o Imperativo Categórico
  8. O Estado de Natureza em Hobbes e em Rosseau
  9. Descartes: Penso, Logo Existo
  10. Nietzsche: Deus está Morto
  11. O Totalitarismo em Platão
  12. O Homem como Ser Político e o Estado Aristotélico
  13. David Hume: paixão determinística vs livre-arbítrio
  14. Epicuro e o Paradoxo do Mal na existência humana
  15. Maquiavelismo Político
  16. Sartre e os limites da liberdade de escolha: conceito de situação
  17. A percepção em Berkley
  18. A Linguagem em Wittgenstein
  19. Bakthin e os Limites do Eu e da Linguagem
  20. Pitágoras e Juvenal: Mente Sã em Corpo São
  21. Por que Sócrates foi julgado?
  22. Explicando o Niilismo em Nietzsche
  23. O mundo das Idéias Platônico
  24. A alegoria da Caverna Platônica

 

Anúncios

Guia Rápido do Blog: Sartre, Camus e o Existencialismo.

Na seção Guia Rápido do Blog, coloco links agregados por tema para facilitar a viagem do amigo leitor pelo Opinião Central.

Já fiz o Guia Rápido Blog: Explicando os Conceitos e sigo agora com alguns posts dedicados ao existencialismo do filósofo Jean Paul Sartre, um homem cujo pensamento foi um divisor de águas nas minhas leituras e o absurdismo de Albert Camus.

  1. O Existencialismo de Sartre e o Sentido da Vida
  2. Explicando os Conceitos: A Existência Precede a Essência
  3. O Existencialismo e as Limitações da Liberdade
  4. Sartre e a Desumanidade
  5. Sartre: um ateu que deseja ser Deus
  6. Albert Camus: o existencialismo no front de guerra
  7. Albert Camus e o mito de Sísifo
  8. Albert Camus e o Absurdo
  9. Camus: diferenças entre a Peste e o Estrangeiro

 

(…) Amo ou venero poucas pessoas. Por todo o resto, tenho vergonha da minha indiferença. Mas aqueles que amo, nada jamais conseguirá fazer com que eu deixe de amá-los, nem eu próprio e principalmente nem eles mesmos. São coisas que levei muito tempo para aprender; agora já sei.

– Albert Camus, em “O Primeiro Homem”