Stanley Kubric e a questão da VIDA

stanley-kubrick-2Descobri que Stanley Kubric era um gênio quando assisti ao filme “2001 – Uma Odisséia no Espaço”.

A maneira delicada, genial e perfeita com que retratou a viagem espacial em pleno ano de 1968 (data do filme) ainda o faz um dos melhores filmes do gênero seja na fotografia, efeitos especiais e construção da narrativa.

Acredito que virei fã de Sci-Fi ali. Não a toa, o filme está no topo da lista do blog dos melhores filmes de sci-fi. 

Anos depois assisti a outros filmes desse diretor com fama de perfeccionista, temperamento difícil e intratabilidade com os atores: Laranja Mecânica, O Iluminado, Spartacus, Nascido para Matar… cada filme a que assistia era melhor que o anterior e em todos eles verificava a marca do gênio: um profundo estudo dos diversos lados do ser humano com suas neuras, medos, psicopatias, paixões, ilusões e um desejo ardente de deixar sua marca no mundo. Não canso de rever nenhum dos seus filmes.

StanleyKubrick

Stanley Kubric foi entrevistado pela revista Playboy americana em 1968 e quando perguntado se  apesar de sua total falta de sentido, a vida valia a pena,  o diretor traduziu em palavras o sentimento que perpassa em todos os filmes de sua obra. E todo esse post era para dividir com vocês esse pensamento.

A resposta de Kubric:

 ” A própria falta de sentido da vida força o homem a criar o seu próprio significado.

As crianças, é claro, começam a vida com um sentido imaculado de admiração, uma capacidade de sentir alegria total a algo tão simples como o verde de uma folha; mas à medida que envelhecem, a consciência da morte e da decadência começam a criar uma impressão em sua consciência e sutilmente a erodir a sua alegria de viver, seu idealismo – e sua suposição da imortalidade.

Enquanto uma criança amadurece, ela vê morte e dor em todos os lugares e começa a perder a fé na bondade suprema do homem. Mas se ele é razoavelmente forte – e sortudo – ele pode emergir deste crepúsculo da alma com um renascimento do élan da vida. Tanto por causa, e mesmo apesar, da sua consciência da falta de sentido da vida, ele pode forjar um novo senso de propósito e afirmação.

Ele pode não recuperar o mesmo sentimento puro de admiração com que ele nasceu, mas ele pode moldar algo muito mais duradouro e sustentável.

O fato mais terrível sobre o universo não é que ele é hostil, mas que é indiferente. Mas se podemos chegar a um acordo com esta indiferença e aceitar os desafios da vida dentro dos limites da morte – conquanto mutáveis o homem pode fazê-los ser – a nossa existência como espécie pode ter significado e realização genuínos. Quanto mais vasta a escuridão, devemos fornecer a nossa própria luz.”

 Perfeito!

2001

O iluminado

Nascido Para Matar

Laranja Mecânica

Anúncios

Notas sobre autoconfiança

“Não consulte seus medos, mas suas esperanças e sonhos. Não pense sobre suas frustrações, mas sobre seu potencial não desenvolvido. Não se preocupe com os fracassos, acredite naquilo que você ainda realizará.(Papa João XXIII)

Um ato de confiança dá paz e serenidade. (Fiodor Dostoievski)

11923234_973437609387271_1014309141371519458_n 11924226_973437589387273_3716271034231885068_n 11885240_973437642720601_7447783321145704380_n

O mais importante para o homem é crer em si mesmo. Sem esta confiança em seus recursos, em sua inteligência, em sua energia, ninguém alcança o triunfo a que aspira. (Thomas Wittlam Atkinson)

Eu perdi mais de 9000 cestas em minha carreira. Eu perdi quase 300 jogos. Em 26 ocasiões me foi confiado a jogada final e eu perdi. Eu falhei e falhei repetidamente mais de uma vez na minha vida e foi justamente por isso que venci.(Michael Jordan)

Um homem é um sucesso se pula da cama de manhã e vai dormir à noite, e nesse meio tempo faz o que gosta. (Bob Dylan)

Notas sobre a Solidariedade

10606177_1009413695749938_3280650440327457611_n

 

A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana. (Kafka)

Quando a sua ajuda aos semelhantes é fruto de motivação e preocupação sinceras, isso lhe traz sorte, amigos, alegrias e sucesso. Se você desrespeita os direitos dos outros e descuida-se do bem-estar alheio, acabará imensamente solitário. (Dalai Lama)

Não temos nas nossas mãos as soluções para todos os problemas do mundo, mas diante de todos os problemas do mundo temos as nossas mãos. (Schiller)

Generosidade é dar mais do que você pode, orgulho é pegar menos do que você precisa. (Khalil Gibran)

Quem não se sentir ofendido com a ofensa feita a outros homens, quem não sentir na face a queimadura da bofetada dada noutra face, seja qual for a sua cor, não é digno de ser homem. (Jose Martí)

frase-eu-nao-acredito-em-caridade-eu-acredito-em-solidariedade-caridade-e-tao-vertical-vai-de-cima-eduardo-galeano-142433

Creio no direito à solidariedade e no dever de ser solidário. Creio que não há nenhuma incompatibilidade entre a firmeza dos valores próprios e o respeito pelos valores alheios. Somos todos feitos da mesma carne sofrente. Mas também creio que ainda nos falta muito para chegarmos a ser verdadeiramente humanos. Se o seremos alguma vez… (José Saramago)

Puxar em comum, mas não pensar em comum. (Marco Aurélio)

Se você possui conhecimento, deixe os outros acenderem as suas velas com ele. (Winston Churchill)