Colha o dia

“Resta quanto tempo? Não sei. O relógio da vida não tem ponteiros. Só se ouve o tique-taque…

Só posso dizer “Carpe Diem” – colha o dia como um morango vermelho que cresce à beira do abismo.

É o que tento fazer.”

(Rubem Alves)

 

“Vê os dias singulares, como singulares vidas.”

(Sêneca)

 

Anúncios

Palavras de Buda: o caminho do meio

O Eu é o mestre do eu. Que outro Mestre poderia existir?

Tudo existe, é um dos extremos.
Nada existe é o outro extremo.

Devemos sempre nos manter afastados desses dois extremos,
e seguir o Caminho do Meio.

– Buda

Santo Agostinho: passeio interior 

Os homens saem para fazer passeios, a fim de admirar o alto dos montes, o ruído incessante dos mares, o belo e ininterrupto curso dos rios, os majestosos movimentos dos astros. 

E, no entanto, passam ao largo de si mesmos. Não se arriscam na aventura de um passeio interior””

Santo Agostinho de Hipona